Doação de Sangue

Com a chegada do feriado prolongado da Semana Santa, é comum ocorrer uma redução no estoque de sangue dos hemocentros de todo o País. Muitas pessoas viajam e deixam de doar sangue nesse período. Como o sangue é perecível, a coordenação de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde alerta para a necessidade de reposição do estoque.

Doe Sangue e salve vidas!
Doe Sangue e salve vidas!

“O sangue não é comercializado, o sangue não é fabricado, o sangue é sempre retirado de uma pessoa para ser infundido numa outra pessoa que está numa situação bastante vulnerável, de bastante necessidade. Essa bolsa de sangue pode significar viver ou morrer”, enfatiza o coordenador-geral de Sangue, Guilherme Genovez.

Para evitar a redução nos bancos de sangue, o doador tem como opção procurar o serviço de saúde mais próximo do local onde esteja no feriado e se informar sobre como doar.

Quem não pode doar

  • Quem teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade;
  • Mulheres grávidas ou amamentando;
  • Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas;
  • Usuários de drogas;
  • Aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.

Fonte:  Enfermagem e Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *